Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1758
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Cálculo do Tempo de Tunelamento em Barreira Dupla de Potencial
metadata.dc.creator: Lilian Rodrigues de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Jose Ricardo de Sousa
metadata.dc.description.resumo: No projeto anterior, a estudante deu inicio ao estudo do cálculo do tempo de tunelamento entre barreiras de potenciais unidimensionais do ponto de vista da mecânica quântica. Porém, por falta de conhecimento teórica a estudante não foi capaz de realizar todas as tarefas planejadas, sobretudo por causa de não ter na época o pré-requisito de física moderna exigida no projeto, e por ter substituída uma estudante no decorrer do desenvolvimento deste projeto. Por outro lado, no projeto anterior a estudante adquiriu maturidade necessária para trabalhar com mecânica quântica, onde eu ministrei diversas palestras dando os ensinamentos sobre física moderna, em particular na solução da equação de Schrodinger em potenciais unidimensionais. Desta maneira, a estudante foi capaz de fazer os primeiros cálculos de uma barreira de potencial simples (única barreira). Através de espalhamento de difração de partículas microscópicas tivemos uma comprovação real do caráter ondulatório destas partículas com comprimento de onda da ordem de grandeza do espaçamento da rede de um cristal (10 angstrons). Desta maneira, no século passado (1925) formulou-se uma equação de onda (Shcrodinger) não relativística para descrever o comportamento das partículas no nível microscópico, e com isto previsões espetaculares foram previstas e posteriormente comprovadas experimentalmente. Uma partícula microscópica apresenta um comportamento ondulatório, que é descrita através da equação de Shcrondinger e, portanto, um fenômeno semelhante ao observado a passagem da luz por um meio transparente (vidro). De fato, se uma partícula incidir sobre uma barreira de potencial com largura L e tamanho V, com energia E<V uma parte será refletida e outra será transmitida para o outro lado da barreira, e a esta fenômeno denominamos de TUNELAMENTO quântico. O cálculo do coeficiente de transmissividade T pode ser feito e calculado como uma função de V e L, isto é, T(V,L). Devido a este fenômeno do tunelamento, foi possível tecnologicamente inventar o transistor duas décadas depois. Por outro lado, uma questão bastante intrigante que tem estimulado diversas pesquisas científicas é calcular quanto tempo gasta a partícula para atravessar a barreira de potencial t(V,L). Neste projeto uma barreira dupla de potencial, de larguras a e b, separada por uma distância L dos seus respectivos centros de massa e com mesmo tamanho da barreira (Vo), será usada para calcular o tempo de tunelamento, t(a,b,Vo,L), onde observaremos problema relacionado com ressonância que dependerá das larguras do potenciais a ser estudado. O limite a=b e L=0 corresponderá o caso estudado no projeto anterior. Este problema acadêmico poderá ser ampliado para estudar uma heteroestrutura com uma seqüência de barreiras obedecendo a certa lei de separação entre barreiras, como, por exemplo, uma série de fribonnaci presente em materiais reais sintetizados em laboratório.
Abstract: 
Keywords: equação de Schrodinger, tunelamento, heteroestrutura
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Fisica Classica e Fisica Quantica; Mecanica e Campos
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Física
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: Programa PIBIC 2009
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/1758
Issue Date: 28-Jul-2010
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.