Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2114
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Avaliação da contribuição de matéria orgânica de diferentes origens em ambientes aquáticos presentes no entorno da cidade de Manaus
metadata.dc.creator: Arthur Maciel Leão
metadata.dc.contributor.advisor1: Tereza Cristina Souza de Oliveira
metadata.dc.description.resumo: O ambiente amazônico sendo bastante complexo diante do seu regime hidrológico, com grande variação sazonal, com sua magnitude em relação à presença de biomassa e a ocorrência de ocupação desordenada de população nas margens de corpos hídricos, favorece a entrada de diferentes origens da matéria orgânica nos ambientes aquáticos da região. Essa questão é muito importante para a cidade de Manaus que cresceu em torno de densa malha hidrográfica, e que, portanto, contribui com grande carga poluidora para as micro-bacias de drenagem. Conhecer a contribuição de diferentes origens da matéria orgânica, proveniente da degradação natural de material vegetal em águas pretas de igarapés naturais, ou provenientes de igarapés poluídos presente nas bacias de drenagem na cidade de Manaus, é importante para entender as baixas concentrações de oxigênio dissolvido registradas em ambientes naturais, ou seja, onde não ocorrem emissões de esgotos domésticos e industriais. A distribuição de matéria orgânica em diferentes ambientes aquáticos no entorno de Manaus é fundamental para a comparação sobre a contribuição de matéria orgânica em ambientes não impactados. Na Amazônia, um corpo hídrico com água branca barrenta como a do rio Solimões, possui maior concentração de sólidos em suspensão e maior turbidez do que uma água clara como a dos igarapés ou rios presente em ambientes não impactados, apresentando baixa turbidez. No entanto, os igarapés na cidade de Manaus recebem grande carga de esgotos domésticos. Este estudo pretende mostrar a contribuição de matéria orgânica em diferentes ambientes aquáticos no entorno da cidade de Manaus, utilizando alguns parâmetros indicadores de qualidade da água, em amostras de águas brancas (rio Solimões), águas pretas (rio Negro e igarapé Tarumã-Açú) e em águas poluídas de igarapés da rede de drenagem da cidade de Manaus (ig. do São Raimundo e ig. do Educandos), em diferentes fases hidrológicas. Os teores de matéria orgânica obtidos nos diferentes ambientes aquáticos serão comparados. Os parâmetros indicadores de qualidade da água utilizados para o registro de matéria orgânica será a série de sólidos totais, oxigênio dissolvidos e a DBO. A utilização desses parâmetros, nesse referido estudo é importante, pois estes podem ser determinados por métodos analíticos de baixo custo, que podem apresentar resultados com boa precisão e exatidão. A determinação de matéria orgânica pelo teor de carbono orgânico total envolve a utilização de equipamento sofisticado e de auto-custo, como o autoanalizador de Carbono Orgânico Total (TOC). A realização da série de parâmetros, também possibilitará a formação do aluno graduando na prática de ensaios laboratoriais, empregando métodos analíticos, estudo estatístico, assim como aplicá-los no contexto da problemática ambiental no que se refere à contaminação de corpos hídricos por esgotos.
Abstract: 
Keywords: matéria orgânica
ambientes aquáticos
Manaus
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Quimica Analitica
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2010
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2114
Issue Date: 1-Jul-2011
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rel_Final_E_55_2010_Artur_Maciel.PDF421,68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.