Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2503
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: FECUNDIDADE DO CAMARÃO Macrobrachium brasiliense CAPTURADOS NO MUNICÍPIO DE ITACOATIARA (AM)
metadata.dc.creator: Leo Jaime Filgueira de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Gustavo Yomar Hattori
metadata.dc.description.resumo: Estudos sobre a biologia reprodutiva de camarões dulcícolas são escassos na literatura, sendo a grande parte referente as espécies que ocorrem nas regiões sudeste e nordeste brasileiro. O camarão Macrobrachium brasiliense tem ampla distriibuição no Brasil, porém há poucos estudos relacionados com as espécies da região amazônica. O presente projeto tem como objetivo determinar a fecundidade do camarão Macrobrachium brasiliense capturados na Região do Médio Amazonas, no Município de Itacoatiara (AM). Um total de 40 fêmeas ovígeras de diversos tamanho será selecionado para o estudo. As fêmeas ovígeras serão mensuradas com auxílio de paquímetro (0,05mm), ou quando apresentarem tamanho reduzido serão medidas, com o uso do sistema de análise de imagem. Os camarões capturados serão medidos quanto o comprimento total (CT), que corresponde da base do pedúnculo ocular até a ponta o telson, e o comprimento e largura do cefalotórax (CC). O comprimento do abdome (CA) será obtido pela diferença entre o CT e o CC. Posteriormente as fêmeas serão pesadas para obter o peso úmido total (PE), em balança digital (0,001g). As variáveis biométricas (CT, CC, CA e PE) serão consideradas independentes e confrontadas pela variável NO, por análise de regressão. O modelo matemático mais adequado para representar a relação será determinado pelo ajuste do coeficiente de determinação (R2), obtendo uma equação que será utilizada na interconversão entre variáveis. Os camarões serão separados em duas classes de tamanho (a serem determinadas pela amplitude de CT das fêmeas ovígeras capturadas) e cada fêmea será considerada uma repetição para cada classe. As médias de NO entre as classes de tamanho serão comparadas pelo Teste t (5%). Caso os dados não apresentem distribuição normal, serão transformados para posteriormente serem submetidos ao teste de comparação de média. Informações a respeito da biologia reprodutiva de Macrobrachium brasiliense são importantes, para auxiliar a monitorar e elaborar períodos de defeso pesqueiro dessa espécie de camarão. Apesar do pequeno porte, estes animais podem ser explorados na forma de isca viva ou com fins ornamentais, pelas comunidades ribeirinhas existentes na região, com potencial para se tornar uma fonte de renda alternativa.
Abstract: 
Keywords: crustacea
camarão
reprodução
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Zoologia Aplicada
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2503
Issue Date: 31-Jul-2012
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.