Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2509
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Efeito de fatores abióticos sobre o comportamento social e indicadores de estresse em matrinxã, Brycon amazonicus (Spix & Agassiz, 1829)
Autor(a): Thamires Moriz Alvarenga
Orientador(a): Thais Billalba Carvalho
Resumo: Os animais apresentam mudanças fisiológicas e comportamentais frente a variações de fatores ambientais decorrentes de degradação ou de manipulação em sistemas de produção. A luminosidade, por exemplo, regula diversas atividades em peixes, incluindo a interação agonística. Assim, este projeto irá testar o efeito de fatores abióticos (luminosidade e temperatura) sobre a agressividade e parâmetros indicadores de estresse em juvenis de matrinxã, Brycon amazonicus. Serão realizados dois experimentos: No experimento I, serão comparados dois níveis de intensidade luminosa (n=12 / cada): menor (280,75 ± 50,60 lx) e maior (1.394,14 ± 520,32 lx). Para isso, quatro peixes serão agrupados por 15 dias (de acordo com o tratamento experimental) em aquários de 70 X 60 X 40 cm. O comportamento agressivo será registrado no terceiro, sexto, nono, décimo segundo e décimo quinto dias de agrupamento (10 min / cada). No primeiro, oitavo e décimo quinto dias de agrupamento os animais serão realizadas as medidas biométricas e as coletas de sangue. As amostras serão destinadas à análise de parâmetros hematológicos e da glicemia. No segundo experimento serão comparados o comportamento agonístico e variáveis indicadoras de estresse em grupos submetidos a diferentes temperaturas: 24°C, 29°C ou 34°C (n=12 /cada). Nessas condições, três animais juvenis serão agrupados por 48 horas em aquários (50 x 40 x 40 cm) com temperatura da água mantida a 29°C. Após esse período, a temperatura será reduzida a 24°C, mantida em 29°C ou aumentada a 34°C, totalizando oito dias de agrupamento. O comportamento agressivo será registrado em filmagens diárias (10 min / cada). Serão feita coletas de sangue antes e após o agrupamento para as análises dos parâmetros hematológicos e glicemia. Assim, será possível avaliar se a condição ambiental modula o comportamento agressivo e alguns parâmetros fisiológicos em matrinxã, fornecendo informações relevantes para o aprimoramento da cadeia produtiva.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: agressividade
luminosidade
temperatura
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Biológicas: Comportamento Animal
Idioma: pt_BR
País de publicação: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da Instituição: UFAM
Faculdade, Instituto ou Departamento: Ciências Fisiológicas
Instituto de Ciências Biológicas
Nome do programa: PROGRAMA PIBIC 2011
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2509
Data do documento: 31-jul-2012
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.