Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2531
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Análise da Cocaína e "Crack" Apreendidos no Estado do Amazonas por CG-MS e EAA
metadata.dc.creator: Ananda da Silva Antonio
metadata.dc.contributor.advisor1: Karime Rita de Souza Bentes
Resumo: O consumo de cocaína causa diversas desordens no organismo humano. Além dos possíveis problemas psicológicas e sociais que causa ao usuário, a inalação de cocaína/crack pode, por exemplo, causar alterações pulmonares agudas, incluindo hemorragia alveolar, edema pulmonar agudo e infiltrações pulmonares de diversas naturezas9-14. Os efeitos provocados pelo consumo da droga são imprevisíveis, visto que, por existir uma grande quantidade de produtores a cocaína apresenta uma composição química variada, uma vez que, os narcotraficantes adulteram a droga adicionando a ela diferentes tipos de substâncias que podem apresentar diversos efeitos a saúde física ou psicológica do usuário. Apesar de ser comprovado o crescente consumo desta droga, principalmente entre jovens, existem poucos estudos a cerca da composição química e das interações que a cocaína tem com o organismo, devido a grande complexidade e variabilidade das amostras, que exigem metodologias compostas de várias etapas envolvendo diferentes técnicas analíticas. Nesse aspecto se faz necessário a caracterização química de diversas amostras de cocaína/crack. A criação do perfil da droga se torna necessário não somente para fins médicos, mas também para se inferir a origem e o método de preparo de uma amostra, bem como para uma análise comparativa entre diferentes amostras, funcionando como base para se conhecer rotas de tráfico e servindo como ferramenta importante no controle ao narcotráfico. O perfil de diferentes amostras torna possível uma avaliação entre estas podendo assim distinguir uma amostra e sua origem de acordo com o perfil que esta apresenta. Por exemplo, a identificação e quantificação de componentes metálicos, diluente orgânicos/inorgânicos, solventes e outros reagente utilizados no refino, pode ser utilizado para determinar o método de preparo e a origem da amostra. Como há um grande fluxo de drogas provenientes dos países de fronteira, onde existem grandes centros produtores, para dentro do estado do Amazonas este trabalho pretende estudar as características de amostras de cocaína/crack apreendidas no Amazonas criando um perfil para estas.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: CG-MS, EAA, Cocaína
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Exatas e da Terra: Quimica Analitica
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2011
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/2531
Data do documento: 31-jul-2012
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.