Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3032
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Atividade diária do caranguejo Dilocarcinus pagei Stimpson, 1861 (Crustacea, Decapoda, Trichodactylidae)
Autor(a): Dayane Rodrigues Andrade
Orientador(a): Gustavo Yomar Hattori
Resumo: O Dilocarcinus pagei Stimpson, 1861 é um caranguejo que se distribui na Bacia Amazônica. Popularmente conhecido como caranguejo vermelho é utilizado como isca para pesca em algumas regiões do Brasil. Serão capturados manualmente, nos barrancos das margens do rio cerca de 10 caranguejos, sendo: 5 machos e 5 fêmeas do caranguejo e colocados em caixas plásticas com água do ambiente e aeração. Serão pesados com auxílio de uma balança (0,01g), medidos quanto à largura do cefalotórax com paquímetro (0,05mm) e marcados com um número e uma letra referente ao sexo, sendo M para machos e F para fêmeas, na parte superior da carapaça. Após a identificação, estes serão colocados em aquários (100cmx50cmx40cm), com água e aeração. Os animais serão alimentados a cada 24hs e serão mantidos nesses tanques sob luz e temperatura ambiente por 3 dias para aclimatação. Após o período de aclimatação os animais serão observados por 48hs para registro de sua atividade que pode ser dividida em: 1) alimentação (quando o animal pega o alimento e leva à boca); 2) reprodução (cópula); 3) escavação (quando o animal escava o sedimento para construir toca); 3) exploração do ambiente (quando o animal está se movendo); 4) imobilidade (quando o animal está parado sob o substrato); 5) interações sociais (quando os animais se tocam, mas não há confronto); 6) interação agonística (quando ocorrer confrontos entre os animais); 7) auto-limpeza (quando os animais limpam os pleópodos ou outros apêndices corpóreos). As observações serão feitas a cada 1h e a atividade de cada animal registrada. Todo procedimento descrito até o presente será repetido três vezes com animais diferentes, totalizando 10 animais. A frequência de cada comportamento será comparada entre machos e fêmeas e entre períodos do dia (dia e noite) por meio do teste t Student s com significância de P<0,05. Este trabalho tem por objetivo estudar o padrão de atividade diária do caranguejo Dilocarcinus pagei encontrados nos arredores do Município de Itacoatiara (AM).
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: Atividade diária, Crustacea, Brachyura
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Biológicas: Zoologia
Idioma: pt_BR
País de publicação: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da Instituição: UFAM
Faculdade, Instituto ou Departamento: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
Nome do programa: PROGRAMA PIBIC 2012
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3032
Data do documento: 31-jul-2013
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.