Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3153
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Minerais pesados de um corpo arenoso da formação areias brancas localizado ao sul do Estado de Roraima
metadata.dc.creator: Bruno Machado de Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Emilio Alberto Amaral Soares
Resumo: Nos arredores de Boa Vista, onde estão presentes grande parte dos campos arenosos quaternários descritos na literatura geológica (Reis et al. 2002, Ricker & Horbe 2007, entre outros), ocorre grande variedade de unidades de rochas ígneas, sedimentares e metamórficas, recobertas discordantemente pelos depósitos sedimentares mais recentes das formações Boa Vista e Areias Brancas. A Formação Boa Vista, do Pleistoceno, é a mais expressiva da região, e foi subdividida nas unidades superior e inferior (Barbosa & Andrade Ramos 1959, Reis et al. 2002). Em geral, é constituída de arenitos conglomeráticos e grauvacas, característicos de ambiente de leque aluvial. Sobrepostos a Formação Boa Vista, ocorrem corpos arenosos, dispersos, com até 25 km de extensão, correspondentes à Formação Areias Brancas, de idade não definida (Ricker & Horbe 2007). Esta formação se caracteriza por campos arenosos de dunas eólicas, estacionarias ou arrasadas, desenvolvidas no Pleistoceno Superior- Holoceno, onde a clima mais árido do ultimo período glacial se estabeleceu no corredor de deflação. Dos corpos arenosos da Formação Areias Brancas, destaca-se o campo de paleodunas Serra Grande, no nordeste do Estado de Roraima, que se destaca por sua fácil localização e acesso, entre a BR-174 e a margem direita do Rio Branco. Este campo, alongado na direção NNE-SSW, apresenta cerca de 8 km de extensão, 3 km de largura e até 20 metros de altura (Reis et al. 2002). Portanto, em função dos poucos estudos sedimentológicos e estratigráficos no campo de paleodunas Serra Grande, este projeto de PIBIC visa por meio da caracterização das assembléias de minerais pesados contidos nesta unidade, indicar a sua proveniência. Esta caracterização levará em conta os processos laboratoriais de separação granulométrica e quantificação de minerais pesados por meio de descrição petrográfica.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: Paleoduna
Minerais pesados
Formação Areias Brancas
Área de conhecimento - CNPQ: Engenharias: Sedimentologia
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Geociências
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2012
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3153
Data do documento: 31-jul-2013
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.