Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3209
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Estudo Químico do fungo Penicillium chrysogenum, um microorganismo endofítico da Amazônia com potencial anticacerígeno.
metadata.dc.creator: Thais de Andrade Nobre
metadata.dc.contributor.advisor1: Afonso Duarte Leão de Souza
Resumo: Câncer é o conjunto de doenças que invadem tecidos e órgãos causando o crescimento desordenado de células. Entre os órgãos mais afetados pelo câncer estão pulmão, mama, colo do útero, próstata, estômago e medula óssea (leucemias). O tratamento do câncer requer uma ou mais modalidades combinadas, principalmente a cirurgia, que pode ser empregada em conjunto com radioterapia, quimioterapia ou transplante de medula óssea. A quimioterapia, utilizada em tratamento sistêmico, é feita à base de fármacos que impedem a reprodução celular e consequentemente levam as células malignas à morte. O combate ao câncer necessita, cada vez mais, soluções pensadas, com a participação de instituições governamentais e não-governamentais, universidades, centros de pesquisa e formadores de opinião. Em 2020 o número de casos novos anuais, no mundo, é estimado na ordem de 15 milhões, com cerca de 60% destes em países em desenvolvimento. No Brasil, estimou-se para 2008 e 2009 em torno de 500 mil casos novos, sendo o câncer a segunda causa de morte em nosso país. Microrganismos endofíticos ou endófitos são os fungos ou bactérias encontrados dentro de tecidos vegetais sadios sem causar sintomas de infecção. Os fungos e actinomicetos endofíticos representam grandes esperanças na solução de diversos problemas atuais, incluindo o câncer, dada sua versatilidade de produzirem inúmeros tipos de metabólitos e estarem adaptados às plantas, seres eucarióticos como os animais, sem que seus metabólitos sejam tóxicos para elas. Entre esses microrganismos, os endófitos de plantas aquáticas ou de áreas inundáveis, sujeitas a ataques por grupos de fungos extremamente patogênicos, incluindo os oomicetos, e os de plantas medicinais figuram entre os com maiores potenciais para o combate a doenças, particularmente o câncer. Este projeto de renovação pretende consolidar no Departamento de Química da UFAM a linha de pesquisa de metabólitos de fungos e actinomicetos com potenciais para o combate ao câncer. Serão investigados os metabólitos de pelo menos 60 novos fungos e actinomicetos e os extratos de linhagens que apresentaram na execução do primeiro projeto elevado potencial citotóxico, através de ensaios contra oomicetos, úteis para este fim, e contra células tumorais. Além da formação de recursos humanos para a pesquisa química e biológica de microrganismos endofíticos, pretende-se, descobrir novas substâncias anticancerígenas, considerando-se o potencial quase totalmente inexplorado da biodiversidade amazônica.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: câncer, ensaios citotóxicos, fungos endofíticos
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Exatas e da Terra: Quimica dos Produtos Naturais
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2012
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3209
Data do documento: 31-jul-2013
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.