Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3570
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Crescimento de plantas jovens noduladas de Inga edulis Mart. submetidas à fertilização nitrogenada e fosfatada sob regimes hídricos contrastantes
metadata.dc.creator: Bruna de Oliveira dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Marciel José Ferreira
metadata.dc.description.resumo: As estratégias das plantas quanto à captação e utilização de recursos primários (e.g. luz, temperatura, água, CO2 e nutrientes) são determinantes para a sobrevivência e estabelecimento em ambientes adversos, uma vez que a baixa disponibilidade de algum desses recursos pode afetar significativamente o ciclo biológico da planta. Quanto à disponibilidade hídrica, as plantas percebem e respondem rapidamente a alterações no estado de água por meio de uma série de eventos fisiológicos, celulares e moleculares. Tais respostas são moduladas pela intensidade, duração, e velocidade de progressão da seca imposta. Todavia, as plantas desenvolveram mecanismos de adaptação/resistência para minimizarem ou se adaptarem as condições de estresse ambiental, em que a condição do estado nutricional desempenha um papel crítico no aumento da resistência das plantas a fatores de estresses ambientais. Dentre os nutrientes essenciais para as plantas, o nitrogênio e o fósforo, em particular, podem desempenhar papéis efetivos no crescimento vegetal. O efeito positivo do maior potencial de absorção e utilização de nitrogênio sob estresse hídrico, por exemplo, é muito importante para o crescimento da planta, pois este nutriente afeta o particionamento de carbono ao acumular açúcares solúveis e, especialmente, de amido, que por sua vez, é determinante para o crescimento das folhas. Embora o nitrogênio (N) e o fósforo (P) no solo sejam encontrados em baixa disponibilidade, seus efeitos podem variar por elemento devido a diferenças na mobilidade, disponibilidade, absorção e a demanda celular. A espécie Inga edulis Mart. é uma arbórea nativa da América Tropical e regionalmente conhecida como inga-cipó pertencente à família Fabaceae, amplamente distribuída e cultivada nas Américas do Sul e Central. Portanto, neste projeto pretende-se investigar os efeitos das fertilizações nitrogenada e fosfatada no crescimento de plantas jovens de Inga edulis quando submetidas a regimes hídricos contrastantes. Para tanto, as hipóteses científicas a serem estudadas são: (i) Plantas de I. edulis apresentarão melhores respostas de crescimento quanto à morfologia e alocação de biomassa entre seus órgãos quando submetidas a fertilização nitrogenada e fosfatada; (ii) Plantas de I. edulis fertilizadas com N e P apresentarão maior tolerância ao déficit hídrico no que tange ao desempenho em crescimento comparadas com as plantas sob deficiência de N e P.
Abstract: 
Keywords: Estresse hídrico
biomassa
Inga edulis
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Silvicultura
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Ciências Florestais
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3570
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.