Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3694
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Efeito do tamanho do grupo sobre parâmetros indicadores de estresse em ratos Wistar, Rattus novergicus
Autor(a): Edika Sabrina Girão Mitozo Tavares
Orientador(a): Thais Billalba Carvalho
Resumo: Fatores que geram alterações na condição homeostática dos animais são considerados agentes estressores, pois afetam o equilíbrio biológico e interferem no bem estar, comprometendo a sobrevivência desses organismos O adensamento dos indivíduos, por exemplo, é dos fatores que deve ser considerado durante a manutenção de animais em cativeiro. Assim, o objetivo deste projeto será avaliar o efeito do isolamento social e do tamanho do grupo em respostas fisiológicas e comportamentais indicadoras de estresse em ratos Wistar, Rattus novergicus. Para isso, os indivíduos serão submetidos, por 15 dias, a quatro tratamentos experimentais: 1- Isolado sem contato visual- animal mantido em isolamento físico e visual. 2- Isolado com contato visual- animal mantido em isolamento físico e com contato visual com coespecífico. 3- Grupo menor- grupo formado por três animais e 4- Grupo maior- grupo formado por seis animais. No início e a cada sete dias de experimento serão realizadas medidas biométricas (comprimento naso-anal e peso corporal) de cada animal do grupo para avaliar a taxa de crescimento em cada tratamento experimental. No final do experimento os animais serão anestesiados com cetamina (0,1 ml / 100g)- xilazina (0,01 ml / 100g) por via intraperitoneal e mortos por deslocamento cervical. Em seguida, serão dissecados para a realização de coleta de sangue e retirada do fígado e das gônadas. No sétimo e no décimo quinto dias de experimento, os animais serão submetidos (10 minutos/dia) ao teste do campo aberto para análise do comportamento exploratório. Os índices hematológicos, corticosterona plasmática, glicemia, TCE, IGS e IHS serão comparados por ANOVA de uma via (teste paramétrico) ou por Kruskal-Wallis (teste não paramétrico). A ingestão alimentar, os parâmetros biométricos e a atividade locomotora entre os tratamentos experimentais e os períodos de observação serão comparados por ANOVA de duas vias (teste paramétrico) ou por Kruskal-Wallis e Wilcoxon (testes não paramétricos). A condição estressante avaliada nesse trabalho será mediante a densidade populacional dos ratos em duas vertentes: o isolamento e o adensamento populacional. Sabe-se que esses animais possuem um comportamento social característico, portanto, espera-se que o adensamento afete as respostas fisiológicas e a atividade locomotora em ratos Wistar.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: adensamento
isolamento social
roedor
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Biológicas: Comportamento Animal
Idioma: pt_BR
País de publicação: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da Instituição: UFAM
Faculdade, Instituto ou Departamento: Ciências Fisiológicas
Instituto de Ciências Biológicas
Nome do programa: PROGRAMA PIBIC 2013
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3694
Data do documento: 31-jul-2014
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.