Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3698
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: AUMENTO DA EXPRESSÃO DO GENE FadL EM Shewanella oneidensis.
metadata.dc.creator: Marcos Andrei de Almeida Barbosa
metadata.dc.contributor.advisor1: Carlos Gustavo Nunes da Silva
metadata.dc.description.resumo: As bactérias são capazes de habitar diversos ambientes e muitos grupos têm a habilidade de degradação de materiais orgânicos, os quais estão presentes em poluentes ambientais. Os resíduos poluentes derivados de óleos e gorduras vêm se acumulando e são dificilmente decompostos por bactérias, o que torna o problema ainda maior já que não há a degradação rápida dessas substâncias nocivas. No entanto algumas bactérias têm a capacidade e se especializaram na degradação de ácidos graxos de longas cadeias de carbono. Para tal habilidade encontra-se a bactéria Shewanella oneidensis, a qual com potencial biotecnológico podem ser aplicadas a sistemas de biorremediação ou bioenergia, possibilitando um papel fundamental para o tratamento de resíduos tóxicos e poluentes. A S. oneidensis apresenta a capacidade de transferir elétrons oxidando os ácidos graxos ou metais, capacidade que está além da biorremediação, associada à geração de uma pequena quantidade de energia. Esta bactéria também utiliza vários mecanismos de transferência de elétrons, incluindo o uso de proteínas da beta oxidação de AC graxos que são essenciais para o transporte, ativação e a própria beta-oxidação sendo feita por meio de enzimas codificadas pelos genes do operon Fad. Para esta via oxidativa, a Shewanella oneidensis utiliza o ácido graxo de cadeia longa para que este seja ativado por um mecanismo de transporte e acil-ativação, o qual é realizado pela proteína de membrana externa FadL e FadD, respectivamente. O resultado final do ciclo da Beta-oxidação envolve a oxidação do carbono B com a liberação de duas moléculas de acetil-CoA. A bactéria será melhorada por engenharia genética por meio de primers que serão amplificados por PCR em relação ao DNA molde previamente extraído e que servirá para construção de vetores com diferentes promotores para o FadL, com isto objetiva-se que a bactéria degrade uma maior quantidade de óleo, potencializando a produção de elétrons e o consumo de ácidos graxos derivados de meio composição lipídica Os produtos do PCR serão submetidos a eletroforese em gel de agarose a 1% e corado com brometo de etídeo para posterior visualização sob luz UV por transiluminescencia. Os produtos da PCR também serão purificados. Serão utilizados três promotores de coleção de sequencias promotoras do CAM. Essas sequencias serão ligadas anteriormente ao gene FadL por meio de enzimas de restrição e de ligação. Cada um dos três tipos de vetor serão inseridos em S. oneidensis MR-1 por eletroporação. Anteriormente a isso, S. oneidensis terá sido pré-inoculada e preparada para eletroporação. Após a transformação genética, Será realizada a quantificação de ácidos graxos degradados por meio de cromatografia gasosa.
Abstract: 
Keywords: Shewanella oneidenses
Ácidos graxos
Vetor de expressão
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Biológicas: Biologia Molecular
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Biologia
Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3698
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.