Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3848
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Investigação das plantas medicinais usadas por caboclos na região do Alto Solimões nas comunidades de Benjamin Constant.
metadata.dc.creator: Jackeline Cristel Elizabeth Mera Mera
metadata.dc.contributor.advisor1: Lisandra Vieira Rosas
metadata.dc.description.resumo: As plantas medicinais vêm sendo utilizadas pelo homem ao longo de toda a história da humanidade no tratamento e cura de enfermidades. É uma prática que nasceu provavelmente na pré-história, quando, a partir da observação do comportamento dos animais na cura de suas feridas e doenças, os homens descobriram as propriedades curativas das plantas e começaram a utilizá-las, levando ao acúmulo de conhecimentos empíricos que foram passados de geração para geração. O Brasil é um dos países com maior biodiversidade do mundo, se revela como um importante e potencial provedor de um recurso tão valioso como as plantas medicinais. A Floresta Amazônica concentra a maior diversidade de espécies de plantas medicinais, comestíveis, oleaginosas e colorantes do planeta. Grande parte ainda não foi estudada em profundidade. A relevância da proposta deste projeto de renovação é que se pretende preservar esse conhecimento tradicional através da divulgação do conhecimento do uso e propriedades de plantas medicinais manipuladas nas comunidades caboclas no munícipio de Benjamin Constant. Será feita entrevistas com a população das comunidades e também será realizado levantamento das plantas medicinais descritas pelos ribeirinhos em periódicos, livros e internet para verificação do potencial uso das mesmas comercialmente, assim como sobre a possibilidade de produção em maior escala. Estudos sobre plantas medicinais no Alto Solimões já foram realizados em três comunidades de Benjamin Constant e em três de Atalaia do Norte no projeto anterior e, os resultados encontrados durante a prática de campo foram que o conhecimento do uso de uma diversidade de plantas medicinais e de suas propriedades corre o risco de se perder, pois nem mesmo os jovens das referentes comunidades estão se interessando em adquirir esse conhecimento, por vários motivos, dentre eles, a aquisição de medicamentos alopáticos. Além destes resultados podemos citar as plantas de uso contínuo e frequente nas comunidades estudadas: Capim-santo, é usados no combate de dor de barriga, calmante, cólica, a maioria das vezes é utilizada as folhas frescas em forma de chá; Erva-cidreira, na Comunidade Pesqueira é usada para combater a febre, cólica e insônia a parte mais utilizada são as folhas em forma de chá; Hortelã, usado para tratamento da gripe, cólica, insônia, náuseas e vermes, as folhas são as mais utilizadas e a forma de utilização é através do chá da planta; Mastruz, é benéfica no combate de vermífugo, tosse, gripe, fraturas, contusões, tuberculose, cólica, dor de cabeça e bronquite. Mas tem que ter cuidado, pois pode provocar irritação na pele e mucosas, vômito, dor de cabeça, Em doses altas é tóxica e pode levar ate mesmo à morte. Dessas a mais citada foi o mastruz, pois ela não é somente benéfica para uma única doença, mas para várias. Assim sendo para que a pesquisa fique mais completa pretende-se expandi-la para todas as comunidades de Benjamin Constant.
Abstract: 
Keywords: Comunidades caboclas
Plantas medicinais
Alto Solimões
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Quimica dos Produtos Naturais
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Natureza e Cultura - Benjamin Constant
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3848
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.