Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4592
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: O PERFIL DE INDIVÍDUOS COM LESÃO MEDULAR PARTICIPANTES NO PROAMDE NO PERÍODO DE 2010 2013
metadata.dc.creator: Erika de Sousa Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Minerva Leopoldina de Castro Amorim
metadata.dc.description.resumo: A lesão medular (LM) ocorre quando a medula espinal é lesionada de forma traumática ou não traumática (processo de doença ou defeitos congênitos). A mesma pode ser considerada como uma incapacidade complexa e quando existe desde o nascimento (não traumática), torna-se mais complexa ainda. E esta condição congênita predispõe que muitas áreas do sistema nervoso central (SNC) podem não se desenvolver ou não funcionar adequadamente. O Traumatismo Raquimedular (TRM) é uma condição catastrófica que, dependendo de sua gravidade pode causar alterações dramáticas na vida de uma pessoa. Na maioria dos casos onde ocorre a LM traumática, em que o grau e o tipo de força que são exercidos na hora do trauma determinam a gravidade e o nível da lesão. Danos causados por um acidente automobilístico, queda ou ferimento por arma de fogo são alguns exemplos de LM traumática. Portanto, a LM ocorre quando a medula espinhal é danificada como resultado de um trauma, e às manifestações clínicas da lesão variam dependendo da extensão e localização do dano à medula espinhal. As LM também são classificadas como completas e incompletas, onde nas lesões completas há ausência total da função sensorial e/ou motora do segmento sacral mais baixo e que constantemente danificam a raiz nervosa do forame; Já as lesões incompletas há a preservação parcial da função sensorial/motora abaixo do nível neurológica e no segmento sacral mais baixo (MYRTICE, et al, 2004). Portanto, o cuidado ao paciente com LM inclui um conjunto de ações que se inicia no primeiro atendimento e continua até a sua reintegração social. Por isso, toda a equipe de atendimento deve estar envolvida desde a fase aguda em ações que permitam, no futuro, a inclusão social e econômica do paciente com sequela de lesão raquimedular. Este processo deve ser desenvolvido pelo atendimento simultâneo e integrado de diversos profissionais de saúde. É baseado nestas informações que considera-se ser importantes estudos que descrevam o perfil sociodemográfico de indivíduos com sequela de lesão medular, bem como evidenciar a importância de estudos nesta área na região norte com o foco no indivíduos com lesão medular. Assim, é objetivo desta pesquisa descrever o perfil de indivíduos com Lesão Medular (LM) participantes do PROAMDE no período de 2010 2013. O Estudo será desenvolvido a partir do Banco de Dados dos alunos cadastrados no PROAMDE/HUGV no período de 2010 à 2013 e que participaram da 1ª etapa do Pólo. Todos adultos de ambos os gêneros e que foram diagnosticados com Lesão Medular (LM). Os dados serão analisados no software estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS, versão 18.0) for Windows, com um nível de significância estipulado em p<0,05 para todas as análises. Para tratamento dos dados será empregada a estatística descritiva, com medidas de tendência central e variabilidade (média, desvio-padrão e mediana), para a caracterização dos participantes da pesquisa.
Abstract: 
Keywords: Lesão Medular, Sociodemografico, perfil
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Educacao Fisica
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação Física e Fisioterapia
Faculdade de Educação Física e Fisioterapia
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4592
Issue Date: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.