Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4785
Tipo de documento: Relatório de Pesquisa
Título: Partículas suspensas na atmosfera e a saúde da população de Manaus
metadata.dc.creator: José Lozano Araujo Neto
metadata.dc.contributor.advisor1: Cristine de Mello Dias Machado
Resumo: Estudos revelam que a exposição à poluição do ar causada por elevada concentração de partículas e pela presença de substâncias tóxicas no material particulado (MP) atmosférico causam danos à saúde, especialmente relacionados ao sistema respiratório. O MP é constituído por partículas sólidas e/ou líquidas capazes de permanecer em suspensão no ar. Está entre os principais poluentes do ar e apresentam uma variedade de tamanho, forma e composição química. Uma das grandes preocupações das agências reguladoras e órgãos demais competentes é quanto à concentração de material particulado fino, também conhecido como material particulado inalável, que permanece por mais tempo suspenso no ar e pode percorrer longas distâncias. Essas partículas podem atingir a parte inferior do trato respiratório causando danos principalmente em indivíduos mais sensíveis. Contudo os dados descritos na literatura sobre a qualidade do ar de Manaus são escassos para subsidiar estudos epidemiológicos relativos a alergias, gripes, pneumonias, entre outros. Nesse contexto, essa proposta visa relacionar a concentração de partículas atmosféricas com problemas respiratórios da população da cidade de Manaus e do seu entorno, utilizando ferramentas estatísticas e computacionais. A coleta de MP2,5 será feita simultaneamente nas cidades de Manaus e Manacapuru, além da Reserva Florestal Adolpho Ducke como ponto de background. As amostras serão coletas nas estações seca e chuvosa, em filtros de fibra de quartzo, utilizando um coletor de grandes volumes (HI-VOL). Para a obtenção das concentrações das partículas coletas nos filtros de fibra de quartzo, os mesmos serão pesados antes e depois da amostragem. Neste projeto serão mapeados dados relevantes para elaborar um estudo epidemiológico ecológico. Os dados de internações hospitalares serão obtidos do hospital público mais próximo do ponto de coleta, e do hospital de Manacupuru. Informações adicionais serão compiladas da base de dados do Ministério da Saúde e por meio de questionários aplicados à população. Os dados meteorológicos serão obtidos a partir de estações meteorológicas instaladas próximo aos locais de coleta e na direção predominante dos ventos entre os pontos de coleta. Os resultados obtidos da relação entre os níveis de MP2,5 na atmosfera e o estudo epidemiológico pode auxiliar na elaboração de ações estratégicas para o controle das emissões, atreladas ao desenvolvimento econômico, e no desenvolvimento de ações preventivas para a saúde da população da região.
Resumo em outro idioma: 
Palavras-chave: atmosfera
material particulado
saúde
Área de conhecimento - CNPQ: Ciências Exatas e da Terra: Analise de Tracos e Quimica Ambiental
Idioma: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Química
Instituto de Ciências Exatas
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4785
Data do documento: 31-jul-2015
Aparece nas coleções:Relatórios finais de Iniciação Científica

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.