Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4874
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: PESO DAS RAINHAS DE Melipona compressipes manaoensis (HYMENOPTERA, APIDAE, MELIPONINAE), TAMANHO DAS OPERÁRIAS E SUA RELAÇÃO COM O TAMANHO DA POPULAÇÃO DA COLMEIA
metadata.dc.creator: Joice Cleide Toga Maciel
metadata.dc.contributor.advisor1: Davi Said Aidar
metadata.dc.description.resumo: As abelhas sem ferrão são responsáveis por 40 a 90% da polinização das árvores nativas, dependendo do ecossistema. Sem esse auxílio, muitas espécies de plantas deixam de produzir frutos e sementes férteis, podendo inclusive ser extintas. A meliponicultura deve ser compreendida como atividade vital em nossa sociedade, não apenas para produção de mel e outros subprodutos, mas também para manutenção da vida vegetal nos trópicos e diversidade genotípica deste importante ecossistema. A pesquisa a ser desenvolvida neste projeto resultará em dados precisos para os meliponicultores avaliarem o potencial de produtividade das colônias dos seus meliponários tornando-os economicamente viáveis por meio da seleção das melhores rainhas e colônias mais produtivas. Estudos semelhantes já foram desenvolvidos com outras espécies como, por exemplo, a Apis mellifera Lep. (CORBELLA, 1981;OLIVEIRA et al., 2000), onde o autor concluiu ter relação positiva entre o peso das rainhas e a produtividade da colmeia. Com as abelhas sem ferrão, poços estudos foram realizados nesse sentido Será verificado o peso de rainhas de Melipona compressipes manaoensis (Hymenoptera, Apidae, Meliponinae) e sua relação com o tamanho das operárias e da população da colmeia. O experimento será realizado no Laboratório de Abelhas (LABEL), Bloco Z, Setor Sul do Campus da Universidade Federal do Amazonas. Serão utilizadas na pesquisa cinco colmeias de Melipona compressipes manaoensis (jupara). Será avaliada uma rainha e dez operárias de cinco colméias, perfazendo um total de cinquenta e cinco amostras para a avaliação por meio de uma progressão simples. A avaliação deverá ser feita por gerações, já que as abelhas vivem em média de quarenta a quarenta e cinco dias. Em um total de duzentos e setenta e cinco amostras e será avaliado o seu peso. Será usado o teste T e correlação entre peso da rainha e peso da operária, peso da rainha e tamanho da população, juntamente com uma regressão linear.
Abstract: 
Keywords: pesos
rainhas
compressipes
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Zootecnia
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Produção Animal e Vegetal
Faculdade de Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4874
Issue Date: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.