Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4899
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Uso de ácaros predadores (Acari: Phytoseiidae) nativos da região Amazônica para o controle biológico do ácaro vermelho das palmeiras, Raoiella indica Hirst (Acari: Tenuipalpidae)
metadata.dc.creator: Patricia Lima Queiroz
metadata.dc.contributor.advisor1: Geraldo José Nascimento de Vasconcelos
metadata.dc.description.resumo: Os agroecossistemas sofrem frequentemente severos ataques de pragas, ocasionado perdas significativas na produtividade. Entre estas pragas encontram-se os ácaros fitófagos. Recentemente foi introduzido no Brasil, pela Região Norte, o ácaro vermelho das palmeiras, Raoiella indica Hirst., a qual tem como hospedeiros de maior importância espécies de palmeiras, bananeiras e helicônias. No Amazonas esta praga encontra-se, pelo menos, nos municípios de Manaus, Iranduba, Manacapuru e Itacoatiara. O impacto da introdução de R. indica no Brasil é considerado potencialmente elevado, uma vez que em outras regiões a mesma atingiu níveis populacionais alarmantes, causando perdas de até 75% em coqueiro. Desta forma estudos de métodos de controle são imprescindíveis neste momento, sobretudo métodos menos poluentes, entre os quais o controle biológico. Dentre os agentes de controle biológico utilizados na agricultura estão os ácaros predadores, principalmente da família Phytoseiidae. O conhecimento destes no país ainda é incipiente, sobretudo em regiões como o Cerrado e a Amazônia. Diante da relevância da R. indica para o Brasil e do controle biológico como método alternativo e/ou complementar no controle de pragas, objetiva-se avaliar a potencialidade de populações nativas de ácaros predadores, coletados em agroecossistemas da região central do Amazonas, para uso em programas de controle biológico de R. indica. As atividades de coleta do estudo serão realizadas em palmeiras nas margens da AM-010 e na área urbana dos municípios de Itacoatiara, Rio Preto da Eva e Manaus. Os estudos laboratoriais serão realizados no Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia da Universidade Federal do Amazonas (ICET/UFAM) em Itacoatiara. A criação de R. indica será estabelecida em mudas de coqueiro em casa de vegetação. Uma vez estabelecida a criação de R. indica esta será utilizada como alimento para estabelecer a criação dos predadores. Para o teste de predação oito grupos de cinco fêmeas e um macho de cada espécie de predador serão tomados da colônia de manutenção e transferidos para uma unidade experimental com a presa. A oviposição e a sobrevivência em de cada grupo será avaliada uma vez ao dia, por um período de 8 dias consecutivos. O impacto da alimentação com cada presa no crescimento populacional dos predadores será determinada através da estimativa da taxa instantânea de crescimento (ri). Para o teste de forrageamento fêmeas adultas dos predadores, em privação alimentar por 6h, serão liberadas individualmente no centro da unidade experimental com três opções de escolha para o direcionamento, um disco de folha (DF) da planta hospedeira da presa em estudo com pólen de R. communis, um DF com a presa e um DF (controle). A resposta será considerada positiva quando o predador se moveu até a extremidade de um dos três estímulos. Os dados serão analisados através de ANOVA e teste de Tukey ou análogos não paramétricos.
Abstract: 
Keywords: Praga Quarentenária
Fruticultura Tropical
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Entomologia Agricola
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiara
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2014
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4899
Issue Date: 31-Jul-2015
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.