Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4831
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Margarida Carmo de Souza-
dc.creatorOrivaldo Teixeira de Menezes Júnior-
dc.date.accessioned2016-09-23T15:54:53Z-
dc.date.available2016-09-23T15:54:53Z-
dc.date.issued2015-07-31-
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/4831-
dc.description.resumoOs óleos são substâncias hidrofóbicas, originados de plantas oleaginosas e de animais. Os óleos vegetais são largamente usados como matéria prima nas indústrias alimentícia, farmacológica, cosmética e na produção de biocombustível. Existem centenas de plantas oleaginosas, sendo muitas delas conhecidas e exploradas, apresentando grande importância econômica. No entanto há várias outras com considerável potencial oleaginoso que não são tão conhecidas quanto às suas propriedades, sendo elas alvo de estudos de instituições de pesquisa. Dentre essas plantas está o inajazeiro, cujo fruto tem se destacado devido ao seu caráter oleífero. O óleo de inajá pode ser extraído tanto da polpa quanto das amêndoas. A extração do óleo pode ocorrer através de prensa ou solvente. A extração por prensa (extração mecânica) é a operação de separação de líquidos de sólidos pela aplicação de forças de compressão. Na extração por solvente a separação de compostos de produtos naturais é feita pela transferência destes para uma fase líquida, com base nas diferenças de interações intermoleculares. O rendimento da extração de um óleo não é o único fator importante, uma vez que sua qualidade é determinante para seu uso. Neste contexto, a presente proposta visa fazer um estudo comparativo do rendimento do óleo obtido das amêndoas do inajá a partir dos métodos de extração por prensa e por solvente (soxhlet), avaliando também suas características físico-químicas a fim de determinar sua qualidade.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPQpt_BR
dc.formatPDF-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Exatas e Tecnologia - Itacoatiarapt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2014pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPlantas oleaginiosas-
dc.subjectInajápor
dc.subjectRendimentopor
dc.subject.cnpqCIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA ANALÍTICApt_BR
dc.titleAnálise comparativa do óleo de inajá extraído por prensa e por solventept_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoQuímica Industrialpt_BR
dc.pibic.nrprojetoPIB-E/0169/2014-
dc.pibic.projetoAnálise comparativa do óleo de inajá extraído por prensa e por solvente-
dc.pibic.dtinicio2014-08-01-
dc.pibic.dtfim2015-07-31-
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
File SizeFormat 
PIB-E-0169-2014-ORIVALDO_2_submissão.pdf808 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.