Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5080
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Mota, Adolfo José dapt_BR
dc.creatorOliveira, Rafael Cintra-
dc.date.accessioned2017-05-29T18:30:47Z-
dc.date.available2017-05-29T18:30:47Z-
dc.date.issued2016-07-31-
dc.identifier.urihttp://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5080-
dc.description.resumoAtualmente é cada vez mais crescente a busca e a aceitação da população mundial por tecnologias verdes , uma vez que produtos provenientes de fontes fósseis em geral têm se tornado sério problema para o meio ambiente devido ao seu longo tempo de degradação associado a problemas como descarte incorreto e falta de medidas efetivas de reciclagem. Dentre os produtos biotecnológicos , um que vem atraindo bastante atenção é a produção de plásticos biodegradáveis e ecologicamente corretos que se apresentam como uma alternativa para a exploração sustentável dos recursos naturais associado ao benefício de rápida reciclagem após o descarte. Este fato vem motivando pesquisadores e empresários do mundo todo a descobrir novos polímeros e processos alternativos que apresentem durabilidade durante o uso e menor impacto ambiental após o descarte. Os poli-hidroxialcanoatos (PHA), armazenados por muitas bactérias como fontes de carbono e de energia, são uma alternativa interessante aos plásticos petroquímicos convencionais, devido sua capacidade termoplástica e de degradabilidade. Porém, seu alto custo é um fator limitante. No intuito de solucionar os problemas com a produção em larga escala de PHA de bactérias e responder às demandas do mercado é que se propôs o trabalho de reaproveitamento de resíduos da indústria de alimento como fonte de carbono. Para contemplar este objetivo, pretende-se isolar e identificar bactérias a partir de microambientes do Rio Negro que consigam acumular em suas células grande quantidade de polímeros, superior às existentes hoje no mercado, buscando assim, contribuir para uma melhor relação custo/benefício, o que favorecerá o crescimento desse mercado, e ainda, beneficiará a política de uso sustentável dos recursos naturais.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPQ - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.formatPDF-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Amazonaspt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCiências Fundamento Desenvolvimento Agrícolapt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Agráriaspt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA PIBIC 2015pt_BR
dc.publisher.initialsUFAMpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPHA-
dc.subjectResíduos alimentíciospor
dc.subjectBiopolímerospor
dc.subject.cnpqCIÊNCIAS BIOLÓGICAS: MICROBIOLOGIApt_BR
dc.titleAvaliação da produção de polihidroxialcanoatos a partir de resíduos das indústrias de alimentospt_BR
dc.typeRelatório de Pesquisapt_BR
dc.pibic.cursoEngenharia de Alimentospt_BR
dc.pibic.nrprojetoPIB-B/0042/2015-
dc.pibic.projetoAvaliação da produção de polihidroxialcanoatos a partir de resíduos das indústrias de alimentos-
dc.pibic.dtinicio2015-08-01-
dc.pibic.dtfim2016-07-31-
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File SizeFormat 
PIBB_0042_2015_RafaelCintra.pdf574,13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.