Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5911
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Oleaginosas amazônicas usadas na produção de biodiesel
metadata.dc.creator: Aguiar, Diana da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Souza, Margarida Carmo de
metadata.dc.contributor.referee1: Corrêa, Geone Maia
metadata.dc.contributor.referee2: Martins, Valdomiro Lacerda
metadata.dc.description.resumo: O biodiesel é uma alternativa real de substituição do óleo de diesel fóssil derivado do petróleo, ele é produzido a partir de fontes renováveis tais como óleos vegetais, gorduras animais e ainda óleos residuais de frituras. O Brasil, por possuir uma grande extensão territorial, apresenta uma ampla diversidade de matérias-primas para a produção de biodiesel, como soja, girassol, mamona, milho, pinhão-manso, caroço de algodão, canola, babaçu, buriti, dendê, macaúba e amendoim. As matérias-primas e os processos de produção dependem da região considerada. Na região amazônica, outras espécies como andiroba, inajá, castanha do Brasil e tucumã, apresentam potencial para a produção de biodiesel, sendo que algumas dessas já apresentam um mercado consolidado na região para fins alimentícios e cosméticos. O presente trabalho tem como objetivo principal realizar uma revisão bibliográfica sobre as oleaginosas amazônicas, tucumã, dendê, babaçu e inajá. Na metodologia realizou-se uma revisão narrativa da literatura, que tem como base apenas alguns trabalhos ou fontes sobre o assunto que são considerados mais importantes e são capazes de fornecer dados atuais e relevantes sobre o tema. De acordo com os trabalhos analisados dentre essas espécies, o babaçu apresentou um custo maior na produção quando comparado à produção de biodiesel feita de outra matéria-prima. O dendê se destacou com produtividade que pode ser superior a 5.000 kg de óleo/ hectare/ano, quando comparado com outras oleaginosas, além de possuir menor custo de produção. Em relação ao inajá são necessários mais estudos das propriedades físico químicas para qualificar o biodiesel produzido a partir das amêndoas. O tucumã destacou se como a oleaginosa com potencial para produção de biodiesel pelo alto teor de lipídeos, porém necessita de um plano de utilização sustentável desta espécie.
Abstract: Biodiesel is a real alternative to replace fossil diesel oil derived from oil, it is produced from renewable sources such as vegetable oils, fats animals and even residual oils from frying. Brazil, for having a large extension territorial, presents a wide diversity of raw materials for the production of biodiesel, such as soy, sunflower, castor bean, corn, jatropha, cottonseed, canola, babassu, buriti, palm oil, macaúba and peanuts. Raw materials and processes of production depend on the region considered. In the Amazon region, other species such as andiroba, inajá, Brazil nuts and tucumã have potential for the production of biodiesel, some of which already have a consolidated market in the region for food and cosmetic purposes. The present work has as main objective carry out a bibliographical review on the Amazonian oilseeds, tucumã, palm oil, babassu and inajá. In the methodology, a narrative review of the literature was carried out, which has as a basis only some works or sources on the subject that are considered more important and are able to provide current and relevant data on the subject. Accordingly with the works analyzed among these species, the babassu presented a higher cost in production when compared to the production of biodiesel made from another raw material. O palm oil stood out with productivity that can be over 5,000 kg of oil/ hectare/year, when compared to other oilseeds, in addition to having a lower cost of production. Regarding inajá, further studies of the physical and chemical properties are needed to qualify the biodiesel produced from almonds. Tucumã stood out as the oilseed with potential for biodiesel production due to its high lipid content, however, it needs a plan for the sustainable use of this species.
Keywords: Babaçu
Dendê
Inajá
Tucumã
metadata.dc.subject.cnpq: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - ICET
metadata.dc.publisher.course: Química Industrial - Bacharelado - Itacoatiara
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/5911
Issue Date: 8-Jul-2021
metadata.dc.subject.controlado: Biodiesel
Óleos vegetais
Oleaginosas amazônicas
Energia renovável
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_DianaAguiar.pdfQuímica Industrial - Bacharelado - Itacoatiara1,28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.