Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3555
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Sensibilidade in-vitro de Escherichia coli e Staphylococcus aureus ao mel de Melipona sp. produzido artesanalmente no município de Parintins-AM
metadata.dc.creator: Cristiane Cunha Guimarães
metadata.dc.contributor.advisor1: Elton Augusto Lehmkuhl
metadata.dc.description.resumo: O mel não é totalmente conhecido em suas propriedades físico-químicas, e o uso caseiro se deve as suas propriedades farmacológicas o que têm despertado interesse entre pesquisadores. Contendo propriedades antibióticas utilizadas na medicina popular, há necessidade de conhecer seu potencial contra males a saúde. As bactérias Staphylococcus aureus e Escherichia coli são importantes causadores de bacteremias. A produção familiar tem sido incentivada pelas ações governamentais empreendidas no estado, sendo que o município de Parintins se destaca, participando de melhorias nesse âmbito, nas comunidades ribeirinhas principalmente. A criação de abelhas para a produção de mel é realizada em zonas urbanas e na zona rural do município. Para muitos produtores rurais, o mel é muitas vezes usado com medicamento. Este estudo objetiva principalmente analisar o potencial inibidor do mel de Melipona sp. de criações artesanais, contra as bactérias S. aureus e E. coli, assim comparar a sensibilidade in-vitro entre as bactérias ao mel. Verificar a variação do potencial inibidor ao longo da safra e verificar a relação entre a densidade do mel e o potencial inibidor do mesmo juntamente com a qualidade microbiológica do produto vem a subsidiar os testes de sensibilidade in-vitro, já que verificar se a microbiota do mel influência na inibição do crescimento bacteriano. Serão coletadas 30 amostras de mel entre outubro e 2013 e março de 2014, correspondendo à safra do mel na região. As amostras serão obtidas na região do município de Parintins. Cada coleta fará a obtenção de 100 ml do mel, por aspiração, com seringa estéril nos ninhos de Melipona sp.. Então embaladas em frascos esterilizados e mantidas refrigeradas a 4ºC até o início das análises. Os testes de sensibilidades in-vitro utilizarão linhagens puras das bactérias E. coli e S. aureus. As linhagens serão semeadas em placas de Petri contendo Agar Nutriente e discos de papel-filtro impregnados com 25 microlitros de mel serão dispostos no centro da placa, e estas serão incubadas a 36º C por 24h. Os halos de inibição serão medidos com o auxilio de paquímetro. A análise estatística será efetuada usando o teste de Mann-Whitney, comparando os diâmetros dos halos formados para E. coli e S. aureus. Para avaliar a variação do potencial inibidor ao longo da safra do mel, os diâmetros dos halos obtidos em cada período serão comparados utilizando o teste estatístico de Kruskall-Wallis. A relação entre o potencial inibidor do mel e a densidade deste será avaliada por índice de correlação de Pearson entre a densidade e o tamanho médio dos halos observados. Na análise microbiológica bolores e leveduras serão quantificados por contagem em placas de Petri contendo Agar Batata Dextrose, adicionado cloranfenicol (40 µg/mL) incubadas por até sete dias. Coliformes totais e termotolerantes serão quantificados pela técnica de fermentação em tubos múltiplos, determinando-se a seguir o número mais provável por ml da amostra de mel.
Abstract: 
Keywords: inibição de crescimento bacteriano
potencial antibiótico
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Agrárias: Microbiologia Agricola
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Zootecnia e Ciências Sociais Aplicadas - Parintins
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3555
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.