Please use this identifier to cite or link to this item: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3864
metadata.dc.type: Relatório de Pesquisa
Title: Aplicação de Virtual Screening para avaliação de alcaloides como potenciais inibidores da N-myristoyltransferase presente no gênero leishmania.
metadata.dc.creator: Sinara dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Alexandre Mascarenhas Alecrim
metadata.dc.description.resumo: A leishmaniose é uma doença zoonótica que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), afeta milhões de pessoas no mundo. É classificada pelos Médicos Sem Fronteira (MSF) e OMS como uma doença negligenciada, em função da falta de investimentos em pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos por parte dos grandes conglomerados farmacêuticos. É causada por protozoários do gênero Leishmania, pertencentes a família Trypanosomatidae. Existem 23 espécies pertencentes a esse gênero mas apenas 17 parasitam o homem. O tratamento padrão da leishmaniose baseia-se principalmente na utilização de drogas derivadas de antimônio pentavalente, como o Glucantime e o Pentostan. Devido ao surgimento de resistência, por parte do parasita, aos medicamentos de primeira escolha iniciou-se, em escala mundial, a busca pelo desenvolvimento de drogas especificas e eficientes contra a leishmaniose. Um dos maiores avanços neste sentido foi a decodificação do genoma da Lieshmania mayor, pois tornou possível determinar alvos macromoleculares específicos para o desenvolvimento racional de fármacos. Existem alvos macromoleculares validados para leishmaniose, como a Tripanotioana Redutase e mais recentemente a N-myristoyltransferase os quais podem ser utilizados no desenvolvimento racional de medicamentos eficientes e específicos para o tratamento da leishmaniose. O screening virtual utiliza metodologias de docking para avaliar a afinidade de compostos orgânicos com os sítios ativos de uma enzima, identificando o composto mais promissor para o desenvolvimento de um inibidor especifico da atividade da enzima. Nas ultimas décadas, dezenas de produtos naturais com atividade leishmanicida, descrita em testes in vitro e in vivo, foram isolados e tiveram sua estrutura molecular descrita. Apenas alguns desses compostos tiveram sua atividade descrita e os demais permanecem como uma imenso potencial inexplorado. Metodologias de ligante-docking permitem averiguar se um grupo de compostos apresenta afinidade, isto é podem ser inibidores, de uma determinada enzima. A escolha da N-myristoyltransferase como alvo macromolecular deve-se ao fato de alguns desses compostos já terem sido testados com a Tripanotiona Redutase e apresentarem resultados negativos, indicando que suas atividade biológicas originam-se em outra via metabólica. Neste sentido este projeto busca avaliar a afinidade de um grupo de teste, composto por 30 alcalóides, frente a N-myristoyltransferase.
Abstract: 
Keywords: leishmania, N-myristoyltransferase, Virtual Screening
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências Exatas e da Terra: Fisico-Quimica
metadata.dc.language: pt_BR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
metadata.dc.publisher.initials: UFAM
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Agricultura e Ambiente - Humaitá
metadata.dc.publisher.program: PROGRAMA PIBIC 2013
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: http://riu.ufam.edu.br/handle/prefix/3864
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Relatórios finais de Iniciação Científica

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.